Nova pagina 1

Norte-americano conhece Pantanal e registra flagrantes exclusivos da fauna pantaneira; veja fotos

O americano, Nick Greenquist, 27 anos, visitou o Brasil pela primeira vez em uma viagem especial ao Pantanal de Mato Grosso do Sul, em dezembro de 2021. Aproveitando os últimos dias no país, o engenheiro de software compartilha na web os registros feitos no bioma, que o deixou encantado.

Casado com uma campo-grandense, na visita inédita ao país da esposa, Nick conheceu a fauna e a flora local.

“A ida ao Pantanal foi incrível, minha parte favorita do Brasil”, contou ao g1 MS.

Ararás da espécie canindé foram estrelas de alguns registros. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Ararás da espécie canindé foram estrelas de alguns registros. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

O casal ficou hospedado em uma fazenda na região pantaneira, próxima à cidade de Aquidauana. “Fiquei quatro dias lá, então tirei fotos de algumas araras, jacarés, pássaros e outros animais”, relata.

Nick destaca-se por captura de detalhes dos animais. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Nick destaca-se por captura de detalhes dos animais. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

Apesar da estadia de poucos dias, a ocasião foi suficiente para o engenheiro registrar momentos exclusivos dos animais, como uma brincadeira entre tatus. Ele até foi recebido com uma “piscadela” de uma coruja.

Tatus brincavam rolando juntos na grama quando foram fotografados. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Tatus brincavam rolando juntos na grama quando foram fotografados. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

Apesar dos cliques impressionantes, Nick não se considera um fotógrafo profissional. “É apenas um hobby. Não ganho dinheiro com elas, mas faça isso por diversão”.

Coruja chegou a piscar e fazer pose para o fotógrafo. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Coruja chegou a piscar e fazer pose para o fotógrafo. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

Pela lente de sua câmera, Nick capturou detalhes dos animais, como o degradê na penugem da arara canindé e o suave e ágil bater de asas de aves e insetos.

Fotos capturam detalhes da penugem dos animais. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Fotos capturam detalhes da penugem dos animais. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Aves e insetos foram flagrados enquanto estavam em contato com a flora. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Aves e insetos foram flagrados enquanto estavam em contato com a flora. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

Nem as misteriosas capivaras passaram despercebidas ao olhar atento do americano, que flagrou o momento em que uma delas dormia sob uma árvore.

Filhotes de capivara se exibiram para fotos enquanto caminhavam por gramado. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal
Filhotes de capivara se exibiram para fotos enquanto caminhavam por gramado. — Foto: NickGreenquist/ArquivoPessoal

Nick ainda nem retornou ao seu país de origem, mas já sabe quais serão suas próximas visitas quando retornar ao Brasil. “Na próxima vez eu quero ir para Bonito e para o Amazonas”, planeja.

Fonte: https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2022/01/13/norte-americano-conhece-pantanal-e-registra-flagrantes-exclusivos-da-fauna-pantaneira-veja-fotos.ghtml

Faça o primeiro comentário a "Norte-americano conhece Pantanal e registra flagrantes exclusivos da fauna pantaneira; veja fotos"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*