A renomada jornalista, Beatriz Castro, esteve em Afogados, fazendo uma matéria especial para o Globo Repórter, programa jornalístico da TV Globo, sobre as ações do programa Farmácia Viva, da Prefeitura de Afogados da Ingazeira.

Durante os últimos três dias, a equipe filmou a sementeira, o laboratório de processamento e transformação das plantas em fitoterápicos, a farmácia onde a população acessa os medicamentos, e também algumas comunidades rurais, conversando com os agricultores que ajudaram a Prefeitura na pesquisa para a definição das plantas a serem utilizadas pelo Farmácia Viva.

Hoje a Prefeitura produz mais de trinta tipos de medicamentos, como xaropes, sabonetes, extratos para chás e alcoolaturas, gerando uma economia anual para os cofres da Prefeitura de mais de 120 mil Reais na compra de medicamentos. Para se ter uma ideia, um xarope industrializado custa, em média, doze Reais. O produzido na farmácia básica sai por R$ 1,89. Esse custo ainda baixa mais, para R$ 0,86 caso o paciente traga o vidrinho do xarope já utilizado, para que o mesmo seja higienizado e reaproveitado.

Segundo a jornalista Beatriz Castro, a matéria vai ao ar no final de Novembro ou início de Dezembro, mostrando a experiência exitosa para todo o Brasil.

A farmácia viva foi inaugurada em 31 de Outubro de 2020, pelo ex-prefeito José Patriota.

Do Blog Nill Júnior