Nova pagina 1

Índios Trukás montam barreira no acesso as comunidades como prevenção ao novo coronavírus em Cabrobó

0

Cabrobó tem 17 casos da doença causada pelo coronavírus e 22 casos em investigação, de acordo com boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do último dia 18.

A comunidade indígena Truká, com tribos residentes na Ilha de Assunção em Cabrobó, Município do Sertão do Estado de Pernambuco, tomaram a decisão de montar barreira sanitária no principal acesso às suas terras como forma de prevenção contra o novo coronavírus, informou a vereadora Pretinha Truká, Educadora indígena e representante do seu povo no Parlamento Municipal.

Segundo a vereadora já há casos confirmados na comunidade indígena, por essa razão os índios estiveram reunidos nas últimas semanas para tratar de medidas a serem adotadas como forma de proteção para o povo. Uma dessas medidas segundo a líder indígena, Pretinha Truká, foi essa de controlar o principal acesso a ilha e promover a higienização dos veículos que entram.

“A gente vem tendo o trabalho de fiscalizar a nossa comunidade, temos que nos preocupar com o coronavírus, que veio assustando a gente e, assim, controlamos a entrada de pessoas que vem da cidade e de outras localidades e também de outros municípios, são compradores que precisam entrar na ilha para pegar produtos da nossa produção agrícola”, afirmou Pretinha Truká.

Pretinha disse ainda que esse trabalho de acompanhamento de entrada de pessoas e veículos na ilha, teve início na última segunda-feira dia 15. O trabalho inicia a partir das 06 horas da manhã e vai até as 22 horas. “Fizemos uma escala de grupos de 05 pessoas por turnos, manhã das 06h às 12h, de 12h as 18h e 18h às 22h, nesse grupo organizamos 02 profissionais de saúde, 02 profissionais da Educação, 01 liderança que acompanha os 03 turnos por dia” explicou Pretinha.

A vereadora Pretinha Truká disse ainda que esse tipo de trabalho é feito de forma voluntária por seu povo, que vão fazer parte da equipe de revezamento. “Esse trabalho é uma ação voluntária de iniciativa da Organização Sócio Política do Povo, que tem como principal objetivo conscientizar nossa comunidade da gravidade da Covid-19, mantemos as orientações para que toda comunidade permaneçam no isolamento social”, disse ainda Pretinha.

Pretinha esclarece que a barreira tem pessoas preparadas para realizar a higienização de carros e motos principalmente dos caminhões que fazem escoamento da produção de fruticultura. “Alertamos sobre o uso das máscaras, bem como utilizar álcool 70. Em casa todos devem usar água e sabão. Seguimos as orientações do Ministério da Saúde, bem como do nosso protocolo de convivência da nossa equipe médica que sempre vem nos orientando de forma bem direta”.

Perguntamos a vereadora Pretinha Truká, se há tempo estabelecido para o fim dessas medidas, ainda sobre casos confirmados dentro da comunidade. “Essa ação não tem data pra terminar, lembro apenas que só será interrompida por nossas lideranças. Quanto a casos da doença, lamentavelmente tivemos uma família testada positivo e um agente de saúde que estava à disposição da Secretaria de Saúde do nosso município, são 05 casos positivos”. – destacou a liderança indígena.

Em relação as ações até desenvolvidas pela comunidade indígena Truká, bem como os próximos passos a serem dados para garantir proteção para seu povo a vereadora foi enfática ao afirmar. “Não vamos desistir, vamos continuar o nosso trabalho de orientação a todo vapor. E que tupã nos abençoe e nos livre desse mal”, completou a vereadora Pretinha Truká.

Faça o primeiro comentário a "Índios Trukás montam barreira no acesso as comunidades como prevenção ao novo coronavírus em Cabrobó"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*