Nova pagina 1

Alexandre de Moraes determina quebra do sigilo bancário de deputados bolsonaristas investigados sobre atos antidemocráticos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou, em decisão desta terça-feira (16), a quebra do sigilo bancário de deputados federais bolsonaristas para investigar se eles atuaram no financiamento de atos antidemocráticos que pediam o fechamento da Suprema Corte e do Congresso. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com a publicação, a decisão de Moraes foi tomada em conjunto com a autorização da Operação Lume, que cumpriu nesta terça mandados de busca e apreensão contra 21 alvos que estariam ligados aos atos antidemocráticos.

Foi determinada a quebra dos sigilos bancários de ao menos quatro parlamentares bolsonaristas: Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Cabo Junio Amaral (PSL-MG) e Otoni de Paula (PSC-RJ). Indícios apontam que esses deputados manifestaram apoio aos atos antidemocráticos e pela necessidade de aprofundar as investigações em relação a eles.

O inquérito sobre os atos antidemocráticos foi solicitado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, em abril, para investigar a organização dessas manifestações e o possível cometimento de crimes previstos na Lei de Segurança Nacional.

Blog: O Povo com a Notícia

Faça o primeiro comentário a "Alexandre de Moraes determina quebra do sigilo bancário de deputados bolsonaristas investigados sobre atos antidemocráticos"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*