Nova pagina 1

Transporte escolar em Salgueiro pôe em risco a vida de crianças e adolescentes

Van apreendida pela PRF conduzia 19 crianças

 

Por Machado Freire

 A administração municipal de Salgueiro foi seriamente reprovada  por autoridades nacionais de fiscalização de trânsito, através da Polícia Rodoviária Federal-PRF, no último dia  10, durante a  Operação Volta às Aulas em Pernambuco. O fato ocorreu  ao longo da BR 116   com a  apreensão de  uma van  que conduzia  19 crianças.

O relato da PRF sobre o caso  expõe a administração do  prefeito Clebel de Souza Cordeiro e do  vice Chico Sampaio. No mínimo, uma  situação vexatória  e descabida por parte  do governo municipal de Salgueiro, pois de acordo com funcionários PRF o  veículo  apreendido  transportava alunos de uma escola no interior do município  e  era impróprio para  a realização de um serviço que prescinde de uma série de requisitos e exigências legais.

Diz o relato da PRF – que foi fartamente  divulgado pela imprensa em todo o País:  “Ao longo da operação, uma van foi retida na BR 116. O veículo, que não tinha autorização para realizar esse tipo de transporte, levava 19 alunos da zona rural de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, para escola na mesma cidade e trafegava com lotação excessiva, bancos soltos e cintos de segurança quebrados. Além disso, os alunos faziam o deslocamento segurando a porta da van por estar quebrada” .

A PRF também informa que a  apreensão do veículo foi objeto de  “uma  denúncia das irregularidades do transporte  escolar  pelo pai de um aluno  na terça-feira (10), ao saber da operação enviou um ofício à PRF”.

Vale esclarecer que  a Operação Volta às Aulas em Pernambuco foi dividida em duas etapas. Na primeira, foram realizadas reuniões com representantes de prefeituras para orientação dos requisitos necessários para o transporte escolar. Já na segunda parte, as buscas e autuações foram feitas. Algumas irregularidades consideradas mais graves(como o caso da van apreendida)  serão encaminhadas ao Ministério Público para que medidas legais sejam tomadas.

Vergonhosamente, a administração pública de Salgueiro vive uma  eterna desorganização  no  quesito  transporte escolar ao longo dos últimos três anos.   Será que o prefeito e o vice prefeito  não contam (mesmo pagando com o dinheiro dos nossos impostos) com ninguém na sua equipe  que tenha conhecimento dos direitos e deveres sobre a Criança e o Adolescente?  Que as crianças e adolescentes devem ser  tratados com respeito  e que suas vidas não têm preço ?

 

 

 

Faça o primeiro comentário a "Transporte escolar em Salgueiro pôe em risco a vida de crianças e adolescentes"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*