Nova pagina 1

Pernambucano feito refém durante assalto no Maranhão está desaparecido

Antes de desaparecer, Obadias enviou um áudio aos parentes informando sobre a ação criminosa em Bacabal.

Um caminhoneiro pernambucano feito refém durante um grande assalto a banco em Bacabal, no Maranhão, está desaparecido desde domingo (25), dia da ação. O veículo que ele conduzia antes de ser abordado foi encontrado nesta quinta-feira (29), na saída da cidade.

De acordo com o delegado Luciano Bastos, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, o caminhão de Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, foi encontrado carbonizado em uma estrada de Bacabal, a cerca de 240 quilômetros de São Luís. A polícia acredita que o caminhoneiro ainda esteja sendo mantido refém.

“Ele é o único refém que não apareceu. Provavelmente ele saiu do seu veículo e dirigiu o caminhão usado pelos criminosos. Se ele tivesse morrido, o corpo já teria sido achado. Tudo indica que ele ainda está sendo feito refém.”, relatou o delegado.

Família angustiada

Antes de desaparecer, Obadias enviou um áudio aos parentes, que moram no Ibura, Zona Sul do Recife, informando sobre a ação criminosa. “Neste momento, eu estou aqui como refém, aqui na estrada. Estão explodindo banco e eu estou na BR. Só Deus aqui. É tanto tiro e eu estou aqui como refém”.

Sem notícias do caminhoneiro, a família se angustia. “Meu pai estava no assalto a banco, estava passando pela cidade quando o bandido o assaltou para transportar o dinheiro roubado no Banco do Brasil. Ele mandou o áudio no domingo, por volta das 22h30”, disse Danielly Alves, filha do caminhoneiro. Segundo ela, o pai era uma pessoa muito calma.

Assalto milionário

Ainda segundo o delegado, a estimativa é de que quase R$ 100 milhões tenham sido roubados. “Até agora, R$4 milhões foram recuperados e tinha R$2 milhões no banco”, relatou.

De acordo com a polícia, cerca de 40 suspeitos participaram da investida. Apenas três deles foram capturados. Um ficou ferido.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Obadias pode entrar em contato com a Polícia Civil ou com a família da vítima pelo número (081) 9.8682-0460 (Danielly, filha), ou (081) 9.9754-9720 (Eliude, Esposa).

Via Jornal do Commercio

Faça o primeiro comentário a "Pernambucano feito refém durante assalto no Maranhão está desaparecido"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*