Nova pagina 1

Vídeo mostra piloto brasileiro sendo assassinado com tiros de fuzil no Paraguai

Piloto brasileiro é executado com tiros de fuzil no Paraguai

Piloto brasileiro é executado com tiros de fuzil no Paraguai

brand viagra best price.

Um piloto de avião brasileiro, de 58 anos, foi assassinado nesta quarta-feira (17) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na fronteira com Ponta Porã, sul de Mato Grosso do Sul.

Imagens de câmera de segurança registraram o momento do crime. A caminhonete branca que o brasileiro dirigia é cercada por um carro em um cruzamento. Ambos reduzem a velocidade, neste momento, é possível ver estilhaços provocados pelos disparos.

A vítima perde o controle e bate em uma outra caminhonete que estava à frente. O atirador foge pela rua lateral. O piloto chegou a ser atendido no hospital, porém, não resistiu aos ferimentos.

Foram encontradas sete cápsulas de fuzil no local do crime. O piloto foi condenado no Brasil em 2005 por tráfico de drogas. A polícia suspeita que ele trabalhava para traficantes que atuam na região de fronteira

A divisão de homicídios da Polícia Paraguaia informou que vai analisar as imagens da execução e periciar o carro do piloto.

Este é o segundo assassinato envolvendo brasileiros em menos de uma semana no Paraguai. No dia 13, Elisandra Aranda Maldonado, de 38 anos, foi executada com 9 tiros de pistola calibre 9 milímetros no centro de Pedro Juan Caballero. De acordo com a polícia, ela estava grávida.

Rei da Fronteira

Em junho de 2016, uma emboscada terminou com a morte do narcotraficante Jorge Rafaat, conhecido como “Rei da Fronteira”. Rafaat foi morto com uma rajada de disparos de uma metralhadora ponto 50. O tirotei durou cerca de 30 minutos. Ele era considerado um dos maiores traficantes da região.

Piloto foi morto com tiros de fuzil  — Foto: Redes Sociais / Divulgação

Piloto foi morto com tiros de fuzil.

Fonte G1

Faça o primeiro comentário a "Vídeo mostra piloto brasileiro sendo assassinado com tiros de fuzil no Paraguai"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*