Nova pagina 1

Encontro pode selar aliança entre PT e PSB

Fernando Pimentel (PT)Fernando Pimentel (PT)

Em meio às articulações entre PT e PSB, o encontro dos governadores Nordeste na próxima sexta, no Recife, contará com a participação do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). Oficialmente, o fórum vai tratar de ações para o Rio São Francisco e de uma posição conjunta sobre a privatização da Eletrobras, mas conversas bilaterais entre petistas e socialistas já foram agendadas – como entre o governador, Wellington Dias (PT-PI), e os governadores Paulo Câmara (PE) e Ricardo Coutinho (PB), ambos do PSB.

Pimentel, que é parte interessada no acordo em Pernambuco, também deve participar da conversa, visto que as costuras entre socialistas e petistas no Estado passam pelas definições em Minas. Lá, os petistas mineiros querem que o PSB apoie a reeleição de Pimentel, em detrimento da postulação do ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB). Em troca, os petistas pernambucanos apoiariam Câmara à reeleição, em detrimento da candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT).

As articulações entre os partidos estão na esfera nacional, com os presidentes nacionais das siglas, Carlos Siqueira (PSB) e Gleisi Hoffmann (PT), que vêm se reunindo com frequência. Na última semana, Gleisi sinalizou que intensificaria as conversas e estimulou outros petistas a buscarem o PSB, após o ex-ministro Joaquim Barbosa (PSB) desistir de disputar o Palácio do Planalto. Dentro deste escopo, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), está com visita agendada a Paulo Câmara para o dia 26. Siqueira, todavia, não marcou a reunião para debater o futuro do PSB, pois ainda está em conversações bilaterais.

Fonte Folhape

Faça o primeiro comentário a "Encontro pode selar aliança entre PT e PSB"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*