Nova pagina 1

Tiririca chora ao comentar infância simples e relação com propina em entrevista. Assista

Deputado federal afirmou que, se a política do país fosse séria, não teria sido eleito

"Não vou citar nomes", disse ele sobre ofertas de propina. Foto: SBT/Reprodução

O humorista Francisco Everardo Oliveira Silva, conhecido como Tiririca, foi às lágrimas durante entrevista ao programa Conexão repórter, do SBT, na noite deste domingo (3). O artista, que é deputado federal, relembrou a infância no Ceará e comentou os escândalos de corrupção em Brasília, além de afirmar que, se política no país fosse séria, ele não teria sido eleito.

Tiririca se desvencilhou dos crimes cometidos por Valdemar Costa Neto, ex-deputado federal condenado a sete anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, quem o convidou para ingressar na política. “O que você faz ou deixa de fazer não me interessa”, afirmou o comediante ao repórter Roberto Cabrini. Ele admite que o voto de protesto no “palhaço Tiririca” é um lado trágico da política.
O cearense revelou que já recebeu propostas de propina. “Não vou citar nomes, mas tem político que quer pagar R$ 300 mil só pra chegar lá e dar um depoimento que o cara está brincando para política e tudo mais”, disse. Ele se emocionou ao falar sobre a relação com a família, que ficou no Nordeste, e a falta do pai. “Por isso que sou um bom pai, amigo e filho. Porque não teve quem dissesse ‘esse caminho é errado, não vai por aí'”.
Assista à entrevista completa: 
Fonte: Diário de Pernambuco

Faça o primeiro comentário a "Tiririca chora ao comentar infância simples e relação com propina em entrevista. Assista"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*