Nova pagina 1

Prefeito de Jupi-PE aluga prédio da irmã para a gestão municipal, diz MPPE

Contrato de aluguel foi feito sem licitação, conforme informou o Ministério Público.

O prefeito de Jupi, no Agreste, está sendo investigado pela prática de nepotismo. De acordo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o gestor alugou um prédio da irmã dele para a prefeitura. O contrato foi feito sem licitação, conforme informou o MP.

O MPPE recomendou ao gestor municipal que entregue à Promotoria de Justiça local cópias de toda documentação referente ao processo de dispensa de licitação do prédio onde atualmente funciona a prefeitura.

“O prefeito também deve efetuar a rescisão do contrato de locação do prédio celebrado com sua irmã, assim como todos os eventuais contratos realizados”, segundo o Ministério Público. O gestor ainda tem que entregar à Promotoria, em um prazo de 10 dias, os comprovantes de pagamento dos valores acordados e a cópia do ato de rescisão dos contratos.

1 comentário a "Prefeito de Jupi-PE aluga prédio da irmã para a gestão municipal, diz MPPE"

  1. A maioria dos funcionários da prefeitura de Jupi é formada toda por familiares da gestão atual, cunhada,esposa,sogra, sobrinho entre outras,o transporte escolar n tem motoristas capacitados ou com curso de transporte de passageiros ou escolar,professores que ainda n tem formação isso é inaceitável,

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*