Nova pagina 1

Em aviso racista, loja proíbe entrada de negros e causa revolta

Uma loja de conveniência em Melbourne, na Austrália, virou alvo de críticas por ter exposto um comunicado racista. O aviso, colado na vidraça, proíbe a entrada de negros de 14 a 18 anos no estabelecimento.

“Porque negros entre 14 e 18 anos sempre roubam. Proibidos negros entre 14 e 18 anos e cachorros dentro da loja”, diz a mensagem.

O caso foi discutido nas redes sociais após um internauta, identificado como Cam, compartilhar uma imagem do recado com a seguinte legenda: “Loja local de Melton está pedindo para ter problemas com esta placa!”.

A publicação chocou os usuários, gerando revolta. “Você deveria ter falado o nome da loja, por mais que eu consiga adivinhar qual é. Eu gostaria de fazer uma reclamação formal para a comissão de direitos humanos”, comentou um deles.

Segundo o Extra, o estabelecimento foi denunciado por racismo e crime de ódio. A polícia estadual de Victoria está investigando a situação.

Via Catacra Livre

Faça o primeiro comentário a "Em aviso racista, loja proíbe entrada de negros e causa revolta"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*